Pausa para gentilezas


Leia esse post ouvindo: Christina Aguilera - Beautiful




Todo o que é nascido de Deus vence o mundo -Extraordinário.

August Pullman, o Auggie, personagem principal de Extraordinário (R J Palácio) nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... Até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros; com meiguice, bom humor e bastante paciência ele vai conquistando seu espaço, mesmo passando por momentos difíceis e tendo sido severamente rejeitado em razão de sua aparência.
Auggie me surpreendeu em vários momentos com uma atitude positiva que revelou uma alma tranquila que sabe enfrentar problemas. Com apenas 10 anos de idade Auggie revela maturidade, e uma qualidade essencial para se relacionar bem com qualquer pessoa e em qualquer situação, ele soube ser grato, reconhecer qualidades e ser compassivo diante das rejeições;

Não que elas fizessem por maldade. A propósito: nem sequer uma vez alguém riu, fez.
Barulhos ou coisa do tipo. Estavam apenas sendo crianças bobas e normais.

Auggie não pagou crueldade com crueldade, e isso é admirável! Um garoto com problemas tão graves soube ser gentil ao invés de focar nos tantos problemas que tinha, sendo tolerante com seus ofensores. Ele se considera um vencedor, fator primordial para que alcancemos vitoria. O que  é maravilhoso nisso é que saber que existem pessoas que como Auggie são Extraordinárias: Lizzie Velasquez  

Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo - Extraordinário.

Não tenha medo ou receio de demonstrar admiração pelo que as pessoas ao seu redor fazem de bom, isso as impulsionará a serem ainda melhores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Orgulho? de quê?