domingo, maio 11, 2014

Frutos do Espírito (Bondade)



A bondade é o princípio do tato, e o respeito pelos outros é a primeira condição para saber viver. Henri Frédéric Amiel

Bondade – É a prática do bem, o amor em ação. É ser uma bênção para os outros. (Rm 15.14) e alcança o favor de Deus (Pv 12.2). É o amor generoso e caridoso. Se antes fazíamos o mal agora Cristo nos capacita para sermos bons. Um dos frutos dos Espírito (conjunto de virtudes e qualidades expressas no caráter cristão; qualidades e virtudes estas que haviam na pessoa que vive segundo os princípios cristãos).

Qual o princípio da frutificação?

Encontra-se em Gênesis 1.11, observe que, cada planta e árvore produz fruto segundo a sua espécie, e a frutificação espiritual segue o mesmo critério. Quais são os nossos frutos? Somos espirituais ou carnais, segundo à nossa espécie?

Romanos 6.12 "não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências." 

Gálatas 5.17: "porque a carne cobiça contra o Espírito e o Espírito contra a carne; e estes opoem-se um ao outro; para que não façais o que quereis."
Aqui está o segredo de nossa vitória contra o pecado, temos que nos submeter ao domínio do Espírito Santo e deixar que Ele nos guie, nos oriente em todas as nossas decisões e em toda a nossa caminhada; fazendo assim, nos tornaremos um solo fértil onde todas as virtudes do fruto do Espírito serão produzidas em nós e então passaremos a ter o mesmo sentimento de Cristo. 

Filipenses 2.5-7: "Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus. Pois ELE, subsistindo em forma de DEUS, não julgou como usurpação o ser igual a DEUS, antes a si mesmo se esvaziou ..."
Entendemos que com a queda do homem, no Éden, nós herdamos a natureza pecaminosa de Adão. 

"Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram." (Romanos 5:12)

Nós que tínhamos a imagem de Adão, teremos agora a imagem de Jesus Cristo. (1 Coríntios 15.49), ou seja, o caráter de Jesus Cristo deve ser manifestado em nós, que O aceitamos como nosso Salvador, e fazê-lo conhecido através de nossas obras. Este é o fruto dos salvos: a SANTIFICAÇÃO, a qual não é causa e sim, a demonstração da salvação, mediante a manifestação do caráter de Cristo, ou seja, o Fruto do Espírito, completo.

Em Efésios 2:8-10 está claro como recebemos a SALVAÇÃO: “Porque pela graça sois salvos mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie. Pois somos feituras dele, criados em Cristo Jesus, para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas”.

Em Mateus 6.17-20 está escrito: "Assim toda árvore boa produz bons frutos, porém a árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa produzir maus frutos, nem a árvore má produzir frutos bons. Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada no fogo. Assim, pois, pelos seus frutos os conhecereis". Portanto, pelos frutos conhecereis a árvore; agora sim deve estar no plural, pois fomos chamados para frutificar.

Devemos "andar" em Espírito (Gálatas 5.16). Como fazer isto? Ouvindo a voz do Espírito Santo, obedecendo-O e confiando nossas vidas às Suas orientações. "Andai" do grego peripateite, que significa: "conduzir a própria vida". Conclui-se que o Espírito Santo, é um guia que nos conduz a produzirmos os frutos do Espirito.

Fonte: ALMEIDA, João Ferreira de. Trad. Bíblia.





Nenhum comentário:

Postar um comentário