terça-feira, setembro 03, 2013

Amizade, mais que um bom sentimento.



Você tem o costume de ouvir, de incentivar ou de demonstrar cuidado ao seu amigo?
Às vezes nos esquecemos que um relacionamento envolve bem mais que um sorriso e algumas palavras no domingo. E vejamos que o conceito da palavra, amizade significa: fraternidade, sentimento afetuoso, “amor”. Então, será que vivemos esse conceito?
Um exemplo plausível é a apresentação de Caim e Abel diante de Deus. Que oportunidade para ofertar o melhor ao Criador! Mas notamos diferença de atitude entre os irmãos. Abel mostrou Pensamento Divino, Humildade e Comunhão. Não podemos dizer o mesmo de Caim, pois se comportou com Pensamento Humano, Orgulho e Hostilidade. A fé, o respeito e o interesse em uma amizade com o Altíssimo diferenciou Abel de Caim. Deus requer mudanças para maximizar uma amizade sincera com Ele, saber lidar com essas mudanças é o que pode fazer a diferença em sua vida.
Deus elogiou Abel pela maravilhosa oferta, rejeitou Caim pela sua oferta, porém não condenou seu filho, ao contrário, houve ensinamento e aconselhamento. O amor a Caim foi mais importante que o elogio a Abel.
Se Deus mostrou todo o interesse por seus filhos Caim e Abel, entendemos o quanto é importante a amizade com Deus e com seu próximo. Não devemos deixar de lembrar que o maior exemplo está em João 3:16.
Portanto a amizade oferece o que tem de melhor. Não há preguiça, desculpas nem mediocridade. Não coloca barreiras para elogiar sinceramente seu amigo e aconselha e ensina quando necessário.

Por: Rafael de Macedo Sanchez