sábado, agosto 27, 2011

Orgulho? de quê?







Incrível! Deus encheu as mãos de barro e criou o homem, isso mesmo, fomos feitos de barro e para o barro voltaremos. Somos todos feitos da mesma matéria e pelo mesmo Criador, não somos nem melhores nem piores uns que os outros, somos iguais. Um começo bastante humilde, não acha? Não devemos nos sentir inferiores e sentir ciúmes daquilo que não temos ou não somos, nem nos sentir superiores por termos um poucos mais que outras pessoas. Somos apenas ''um punhado de pó'', moldados com grande amor por nosso criativo Pai, eis a nossa real importância. Deus te idealizou para ser bênção, Ele não gosta de orgulho, soberba ou ganância. Deus nos criou assim: ''do pó'', para que saibamos que dependemos ou deveríamos depender dele; fomos feitos por ele, e sem ele nada seremos.

"Para destruir o que o mundo pensa que é importante, Deus escolheu aquilo que o mundo despreza, acha humilde e diz que não tem valor. Isso quer dizer que ninguém pode ficar orgulhoso, pois sabe que está sendo visto por Deus. ( I corintios 1:28 -30)


  • ''De modo que não importa nem o que planta, nem o que rega, mas sim Deus quem fez crescer'' (I corintios 3:6) 
  • ''Porque somos companheiros de trabalho, no serviço de Deus, e vocês são o terreno no qual Deus fez o seu trabalho'' (I corintios 3:9)

Portanto o que mais importa não é sermos reconhecidos pelos homens pelo que fazemos, ou pelo que somos, mas, fazermos o que Deus nos ordena com humilde perfeição, dando-lhe honra e glória; sem jamais esperar aplausos ou sermos colocados num pedestal debaixo de holofotes, visto que a grande Estrela é Cristo! 

''Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã'' (apocalipse 22:16)

Devemos nos empenhar e fazer o trabalho que Deus nos confiou de forma que o deixe feliz.

''O dia do Senhor vai mostrar claramente a qualidade do trabalho de cada um' ( Icorintios 3:15)

Ninguém deve se orgulhar daquilo que fazem (I Co 3:21) Ele trará para  luz os segredos escondidos e mostrará as intenções de nossos corações. 


# Não se esqueça: sejam fieis e... então cada um receberá de Deus os elogios que merecem (I co 4:5) e, 'obedeça ao que está escrito: ninguém deve se orgulhar de uma pessoa e desprezar outra...''

''Que ninguém engane a si mesmo''
''Quem é que fez você superior aos outros? Por acaso não foi Deus que lhe deu tudo o que tem?'' (I co 4:7) 

Que a Paz de Cristo esteja com vocês!

.Val Lima



terça-feira, agosto 23, 2011

Ser doce é...

.Fazer o que é direito.
.Obedecer a Deus mesmo quando parece difícil demais.

Isaías 5:5-7.


...então porque produziu uva azedas em vez das uvas doces que  eu esperava?

O Salmo 01 diz que felizes são as pessoas que obedecem e meditam na Palavra de Deus (Bíblia), Essas pessoas são como árvores que crescem na beira de um riacho, elas dão frutos no tempo certo. Assim também tudo o que fazem dá certo. A palavra de Deus é o riacho que lhe dá crescimento e vida, fazendo com que seus frutos sejam doces e saborosos. Estar plantado junto à palavra de Deus significa  obedecer a Deus e fazer o que é correto, mesmo que ninguém veja ou aplauda. Estar distante ao contrário nos conduz a caminhos incertos, cheios de dúvida. Agir por conta própria sem ter a palavra de Deus como sustento, como fonte e alimento, teremos como resultado frutos azedos, amargos e até podres.

A plantação de uvas do Senhor, as parreiras que Ele tanto gosta são seu povo. Deus esperava que obedecessem a sua Palavra, mas ele os viu cometendo crimes de morte...

Seja doce, produza doces frutos de obediência para Deus.
Que a graça de Cristo esteja sobre vocês.  .

.Val Lima

domingo, agosto 21, 2011

Fé que produz alegria...




“Todavia, eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação” Hc 3:18


Quando o profeta Habacuque faz esse propósito de viver em alegria, estava a contemplar os campos sem frutos, os currais vazios, o chão árido e  seus irmãos a gemer de fome.  Apenas alguém que vive através da fé pode ser conduzido a esse estado de esperança e ânimo, mesmo em meio às piores circunstâncias.

A alegria da confissão de Habacuque, no grego é “Gil”, sugere “bailar de alegria” ou “saltar”, no original significa: "rodopiar em redor com movimentos intensos”. Foi exatamente isso que fez o Rei Davi em 2 Sm 6:16; "E sucedeu que, entrando a arca do Senhor na cidade de Davi, Mical, a filha de Saul estava olhando pela janela e viu que Davi ia saltando e girando acrobaticamente..." O Rei estava se alegrando no Senhor.

Alguma vez você foi movido a dançar para o Senhor em meio a um campo devastado? Agradeceu a chuva e a colheita que estaria por vir? Pode ser que alguém o chame de louco por isso, mas foi o que Habacuque ousou fazer.

No Evangelho de João também está escrito: “Abraão alegrou-se por ver o dia do Senhor” Jo 8:56. Ou seja, Abraão dançou intensamente após receber a promessa de um herdeiro que por sinal se chamaria: Isaque ou “riso”: “E chamou Abraão o nome de seu filho que lhe nascera, que Sara lhe dera, Isaque”. Gn 21:3.  A esterilidade de Sara resultou em riso para o casal.  Mas não foi em vão, foi através da fé . Abraão sorriu em meio à sequidão: - "Sara, vamos ter um filho, ele se chamara riso."


"Sabei, pois que os que são da fé são filhos de Abraão” Gl 3:7.

Sou grata a Deus por todas as vezes que Ele me fez sorrir nas adversidades. Quando pude ouvir a voz suave do Espírito Santo contrastando com o turbilhão de vozes negativas. O mundo é assim, uma marcha solene sob o jugo da escravidão, cuja melodia impõe medo, dúvidas, desilusões e morte. Um a um cambaleia rumo a um destino desprovido de graça.

Mas a voz de Deus nos convida a se alegrar, dançar como Habacuque, Davi  e Abraão embalados pela fé, pela certeza do que olhos, ouvidos e mãos alcançarão trazendo a existência, as coisas que não são como se já fossem Rm 4:17. Que assim seja para você, amado leitor. Que através da fé, possas contemplar as promessas do Deus que ama a todos incondicionalmente e que tem por vontade trazer riso, dança , alegria para nossas vidas,  para glória do Seu nome.

Fonte: União dos blogueiros evangelicos.