segunda-feira, abril 04, 2011

Deixou de acreditar neles?




Incrível como os garotos parece simplesmente serem de alguma forma necessários na nossa vida, mas como muitas vezes aquele necessário acaba por se tornar um mal. Não digo que os garotos sejam maus, mas nós não os entendemos, sua política, sua mente, suas filosofias, parecem não bater com as nossas. Nós esperamos uma coisa e acabamos nos deparando com outra e mesmo assim, simplesmente precisamos deles.

Houve um tempo em que meu coração se deixava voar a cada olhar iluminado, a cada palavra doce e salpicada de o máximo de afeto. Mas um belo dia, as promessas não foram cumpridas, nossas almas pareceram de fato serem amputadas de algo que parecia ser vital pra nós eo choramos. Muitas de nós agonizamos em uma cama aos prantos, emagrecemos, ficamos sem dormir, mas lutamos em pedidos, jejuns e orações pra que aquela dor cessasse. E apesar do tempo, ter parecido longo em meio a dor, um belo dia acordamos e estávamos curadas daquela prisão.

Foi quando os pássaros começaram a cantar novamente e nós começamos a andar nas ruas de cabeça erguida, e andar na chuva não era mais preocupante senão tornasse excepcionalmente magnífico. Foi quando nós garotas, trocamos finalmente os trapos sujos, por novas vestes. Deixamos a capa de luto e colocamos o vestido de princesa e os sapatos de cristal, para esperar que Deus enviasse aquela pessoa que finalmente ia ser tudo aquilo que esperamos em alguém, aquela pessoa que finalmente nos amaria de fato e de verdade como Jesus amou a igreja, e tudo seria as mil maravilhas se não fosse por um detalhe: deixei de acreditar nos garotos, quem me garante que esse também não está mentindo?

É bem verdade que a essas alturas da sua vida, Deus já fez um tratamento completo em sua vida. Ele não traria ninguém pra você, se você ainda estivesse ferida, seria trágico pra você e pra pessoa. Mas, mesmo assim, existe algo, um medo terrível de se envolver de mais, de se magoar de novo, de magoar alguém, de se ver novamente prostrada em uma cama com uma das piores dores que uma garota pode sentir: a dor de ser abandonada por alguém que amamos, a dor de ser traída por alguém que amamos, a dor de ter se tornado alguém que nem é lembrado por alguém que jamais esqueceríamos se não fosse o Poderoso Amor de Deus em nossas vidas.

Mas de repente, aparece alguém que parece ser diferente de tudo aquilo que você viveu e passou e mesmo assim, você tem medo. Medo pelo fato de que um dia alguém também foi diferente pra você e mesmo assim te decepcionou muito. Você contava segredos pra essa pessoa e mesmo assim, ela os dividiu com aqueles com quem você jamais contaria.Doeu não foi? Meu, que dor insuportável e que parecia que nunca ia acabar…(se você ainda estiver passando por isso, saiba: acaba sim), mas acabou e agora você se vê em duvida entre tentar ser feliz de novo com alguém que você sabe que Deus habita na vida dele e o medo de não saber se dessa vez é a pessoa que Deus tem pra você. Que duvida não é? Querer muito ser feliz e ter medo de sofrer de novo. Cara é complicado. Mas, meninas se é ele, ele não vai desistir de você. Se for ele, ele vai te provar de todas as formas possíveis que não pretende mesmo te magoar. Se dessa vez, for ele. Ele te ama independente de quem você seja independente de quem você foi, ou do que faça hoje. Se for ele, ele aceita todos os defeitos como alguém que a enxerga, mas está disposto a te levar a acertar. Se for ele, não importa o que aconteça, você nunca vão se perder. Ele sempre estará por perto, quando você precisar. Se for ele, Deus os fará se amarem de tal maneira que você jamais sentiu antes. Mas você tem que dar uma chance, não a ele, mas a si própria. Garotos não são não, todos iguais. E Deus fez um na mesma forma que você, pra que um não soubesse de alguma forma mais viver, um sem o outro.



Um grande abraço. Deus abençoe todas. Amo suas vidas.



Um comentário:

  1. Olá ,deixei um selinho no meu blog pra você. Mil Bejos.

    http://carolmaiscomc.blogspot.com/

    ResponderExcluir